Luz em meio às trevas

“De novo, lhes falava Jesus, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida.” João 8.12

O contraste luz e trevas está presente, em muitas situações no ministério e no ensino de Jesus. Além de se apresentar como a luz do mundo, Jesus nos identificou como sendo também luz para o mundo (Mateus 5.14). Quando compreendemos esse ensino aprendemos que as pessoas que vivem sem Deus (o “mundo” na linguagem bíblica) estão em trevas, na escuridão e, portanto, perdidas e sem direção.

E, por consequência, esta percepção nos constrange às seguintes responsabilidades:

1ª) Acabar com as trevas, levando luz ao mundo: Paulo nos orienta: “Sejam filhos de Deus, vivendo sem nenhuma culpa no meio de pessoas más, que não querem saber de Deus. No meio delas vocês devem brilhar como as estrelas no céu, entregando a elas a mensagem da vida.” (Filipenses 2.15-16).

2ª) Acabar com as trevas, levando as pessoas a Jesus: Quem segue a Jesus, não anda em trevas. O que significa que o inverso é: quem não segue a Jesus, VIVE em trevas! Por isso, precisamos anunciar a mensagem de salvação aos perdidos agora mesmo!

Você está disposto a brilhar como as estrelas? Que através de você a luz de Jesus brilhe em todo o mundo!

Do seu pastor e amigo
Gilton Medeiros