INFORMAÇÕES E TESTEMUNHOS MISSIONÁRIOS (1)

Salvação para os indígenas

“Não me envergonho do evangelho, pois ele é o poder de Deus para salvar todos os que crêem.” Romanos 1.16a

Em meio a tantas necessidades da nossa pátria em relação à evangelização e as mudanças sociais, não podemos deixar de lado nem adiar o alcance daqueles que, vivendo isolados em locais de difícil acesso, nunca ouviram o evangelho de Cristo – que é supra cultural e deve ser pregado a todos os povos: os povos indígenas.

O trabalho missionário dos batistas brasileiros entre os povos indígenas é antigo e remonta ao início do século XX. Da chegada do missionário Zacarias Campelo à comunidade Krahô, em 1925, à atual formação de líderes autóctones em 35 projetos ao redor do Brasil, foram muitos os desafios enfrentados. Os obstáculos passam pelas inúmeras línguas indígenas, pelas comunidades ainda não mapeadas, pela escassez de missionários e pela necessidade de uma pregação contextualizada à cultura de cada povo ou etnia.

Por isso, falar do evangelho aos povos indígenas é um desafio que não pode nos paralisar. Por amor e misericórdia, temos que ir até eles!

É tempo de fazermos ainda mais! Movidos pela graça, precisamos viabilizar a tradução da Bíblia para mais línguas indígenas, enviar novos missionários, formar líderes locais e ir ao encontro dos povos ainda não alcançados.

Você aceita o desafio?

Com informações do Setor de Comunicações
da Junta de Missões Nacionais