As tragédias e a nossa generosidade

“Repartam com os irmãos necessitados o que vocês têm.” Romanos 12.13a

A melhor resposta que um cristão pode dar às pessoas atingidas pela dor e as perdas que uma tragédia pode provocar é a manifestação de amor, amor desinteressado, generoso e altruísta. A Bíblia diz que “O Universo todo espera com muita impaciência o momento em que Deus vai revelar o que os seus filhos realmente são.” Romanos 8.19 (NTLH)

A Bíblia também diz que os filhos de Deus são “o sal para a humanidade” e “a luz para o mundo.” (Mateus 5.13-14) e no livro dos Provérbios, nos ensina que “Quem é generoso progride na vida; quem ajuda será ajudado.” (11.25)

Estender a mão. Repartir. Compartilhar. Essas são as ações que devem ser naturais para quem já experimentou o novo nascimento e conheceu a maior prova de amor que alguém pode dar: o amor de Deus manifestado em Jesus, nosso Salvador.

E, para sermos práticos, apresento duas sugestões de atitudes que podem tornar o nosso amor e generosidade em ação concreta:

1ª) ORE: Diariamente, intercedendo diante de Deus por todos os que foram feridos, marcados pelas tragédias recentes;

2ª) CONTRIBUA: Você pode enviar ofertas para ajudar os que precisam reconstruir suas vidas.

Que tal seguir o conselho de Tiago e começar a agir? Ele diz: “... assim como o corpo sem espírito é morto, assim também a fé sem obras é morta.” (2.26).

Do seu pastor e amigo
Gilton Medeiros